De empreendedor para empreendedor: os melhores conselhos sobre liderança, fracassos e transformação social

Todo mundo quer ser um empreendedor atualmente (pelo menos parece). E por que não? Empreendedores vivem o sonho: da liberdade, da reconhecimento, do propósito, da capacidade de mudar.

Mas iniciar uma startup e mantê-la por 5 ou 10 anos é incrivelmente difícil, mesmo com o apoio das redes e canais de financiamento que os inovadores têm na palma das mãos.

Um dos maiores obstáculos dos empreendedores é o medo – de falhar, na maioria das vezes. Uma das melhores dicas para lidar com isso é a do autor Seth Godin: você não pode eliminar o medo, então deve dançar com ele.

“Quando você começa a trabalhar com o medo, em primeiro lugar, vai ficando mais fácil gerenciá-lo, porque ele perde a maior parte do seu poder”, disse Godin em uma palestra repleta de empreendedores sociais em ascensão no American Express Emerging Innovators Boot Camp em Nova York. “Em segundo lugar, ele se transforma em um guia mágico de mudança. Isso porque o medo está quase sempre certo. Quando ele diz, ‘Não, não, não, você está muito perto do penhasco’, quer dizer que é exatamente isso o que você deve fazer.”  

Godin está certo. E essa é uma lição muito valiosa. Nós pedimos à alguns empreendedores sociais que "fizeram isso" que dessem seus melhores conselhos sobre transformação social, liderança, e, claro, fracassos. Essas dicas não mudarão o mundo. Mas há uma chance delas ajudá-lo a fazer a diferença.

Emily MayHollaBack!

“Quando imprevistos acontecem, não é o momento que importa. É o que você fez antes e como você vai prosseguir.”

“A habilidade mais importante que você deve ter como líder de um movimento é a resiliência. Você vai cometer erros, vai ouvir de centenas, talvez milhares, de pessoas que o que está tentando fazer é impossível. Isso é um fato. O que importa é como você responde a essas pessoas. Se você encontrar um jeito de driblar essa rejeição e lidar com as falhas, e ainda tiver energia e paixão pelo que faz, então você começa a ganhar.”

“Não tenha medo de arriscar. É impossível liderar um movimento se você quer ficar na zona de conforto.”

“Pessoas dizem que empreendedores sociais são malucos. Talvez elas estejam certas, mas nós somos os malucos que estão mudando o mundo.”  

“Movimentos começam porque as pessoas contam suas histórias. Eles crescem com várias lideranças descentralizadas, as pessoas começam a realizar pesquisas, e então, você começa a ver algumas mudanças políticas acontecerem. O fio condutor é a mudança cultural. Se você não está mudando a cultura, você não está criando um movimento.”

Greg Van Kirk - Ashoka Globalizer

“Suas estratégias e táticas sempre irão mudar - e elas devem mudar mesmo. Tudo, exceto seus valores e princípios, deve estar na mesa para ser alterado de um dia para o outro.”  

“Empatia é um valor fundamental para o empreendedor social. Uma vez que você se torna empático, você é capaz de obter uma relação de respeito mútuo com os membros da comunidade. Quando existe respeito, você forma uma base de confiança. Confiança é tudo, porque inovar requer muitos fracassos - com confiança, esses fracassos são vistos como tentativas pelos membros da comunidade e eles continuarão trabalhando com você. Sem confiança, você simplesmente fracassa.”

“Quando você fala de empoderamento, é realmente apenas ajudar as pessoas a superarem a incerteza”.

“Eu realmente me importo se alguém comprou um filtro de água, uma lanterna solar ou um fogão? Não, esse é apenas o ponto de partida. Eu me importo com outra coisa: as pessoas estão usando esse instrumento e ele as está ajudando? Isso não é sentimentalismo. Não é só tentar fazer o bem. Nos negócios você chama isso de experiência do usuário ou satisfação do consumidor.

“Não é o que fazemos, é o que colocamos em movimento.”

“Se você está aberto, é humilde, honesto e fala sobre suas fraquezas e sobre o que você não sabe, isso leva as pessoas a acreditarem no que você sabe e diz. Seja autêntico e peça por ajuda quando você precisar.”  

Catherine Hoke - Defy Ventures

Quanto mais sucesso nós temos, mais as pessoas nos atacarão. Não podemos impedir o ódio de chegar até nós, mas podemos evitar que ele more em nós.

Essa é a minha melhor dica em captação de recursos: eu vendo o sucesso além de uma necessidade imediata. ‘Aqui está nossa baixa taxa de reincidência e nossa incrível taxa de emprego. Temos feito um trabalho maravilhoso, mas eu realmente preciso de você para uma nova competição de plano de negócios - nós estamos oferecendo $40.000 em doações e eu não sei exatamente de onde isso virá. Então preciso de você para acelerar’."

Eu tenho muitos medos. Aprendi a me comprometer a atravessar e superar esse medo. Se estou fazendo algo diferente, assumindo um risco, o medo estará lá. Mas eu vou sobreviver. Eu posso continuar errando. Acho que não estou paralisada só pelo medo de me queimar de novo. Eu aprendo todas as vezes que eu erro. Eu fico muito mais esperta.

É impressionante quanto tempo e esforço meus mentores me pouparam. Vale muito a pena ter um mentor – você só tem que achar a pessoa certa, porque um mentor errado é uma perda de tempo. Como conseguir mentores? Diga, “Ei, eu tenho esse grande problema X. Você é um especialista. Você me permite utilizar seu cérebro inteligente por 15 minutos?”

Quando você estragar tudo – não se, mas quando – apenas comece de novo. Faça diferente. Faça melhor da próxima vez. Só faça de novo. Por que desistir? O trabalho que você faz é importante.  

Jared Matthew Weiss - Overture 

Existe algo especial sobre as coisas que te fazem levantar de manhã.

Pessoas não querem que você as informe, elas querem que você as inspire. O que te inspira é também o que vai inspirar outros a segui-lo, a ajudá-lo, a contribuir com o que quer que você acredite. Inspiração é o catalisador da ação.

Lidere com sua humanidade e, quando você contar sua história, a torne mais humana possível.

O simples é tão maravilhoso.

Se você quer acertar sempre, bem, isso nunca vai acontecer. Sempre existirão pessoas que te amam, que te odeiam, que não se importam ou que não reparam em você, não importa o que você faça. O melhor que você pode fazer é despertar a empatia o mais rápido o possível.  

 

Godin, May, Van Kirk, Hoke, e Weiss foram palestrantes na American Express Emerging Innovators Boot Camp, um programa global de apoio à empreendedores sociais em ascensão que estão lidando com alguns dos problemas sociais mais complexos existentes no mundo.

 

 

-------

Texto traduzido e adaptado do original publicado na Forbes, escrito por  John Converse Townsend, gerente de mídias do Changemakers da Ashoka.